fbpx
 

Decreto sobre educação especial constitui um enorme retrocesso, diz especialista

outubro 13, 2020
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Jornal da USP no Ar recebeu hoje (8)  Biancha Angelucci, professora no Departamento de Filosofia da Educação e Ciências da Educação da Faculdade de Educação (FE) da USP, para comentar sobre a nova Política Nacional de Educação Especial (PNEE), lançada com ressalvas de especialistas sobre a abordagem para inclusão. Essa nova política busca ampliar o atendimento educacional por meio de turmas e escola especializadas apenas para alunos com deficiência, sem convivência com alunos da rede geral.

A professora Carla afirma que o decreto constitui um enorme retrocesso. “Desde 2018, no governo Temer, buscavam mudanças na política educacional inclusiva. Mas, neste momento, em meio a uma pandemia, sem consultas ou discussões com trabalhadores da educação, é uma situação pela qual não estávamos esperando”, aponta.

Segundo ela, esse decreto está em divergência com a Constituição e com documentos da Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, que possuem caráter de emenda constitucional. Esses documentos se baseiam na educação inclusiva, ou seja, uma educação comum a todos, feita com as pessoas da rede de ensino geral. “Deficiência é um conceito relacional”, explica a professora, “ou seja, não se refere a características, não é um sinônimo de impedimento. É a nossa sociedade, junto com seus instrumentos, que faz com que essas pessoas não possam exercer sua vida dignamente”.

Outro recuo é em relação à concepção de deficiência como patologia, que volta a ganhar espaço. “Nós, como sociedade, é que devemos garantir direitos. Não podemos, de novo, propagar a ideia de que, por conta de sua deficiência, alguém não se beneficie do ambiente escolar. Nesse pensamento, culpa-se a pessoa com deficiência por não se sentir dentro de uma organização que não é preparada para ela”, critica Carla.

Ela explica que, justamente por conceber a deficiência como ausência de igualdade na sociedade, foi construída uma política de atendimento educacional especializada, como salas especiais multimídia. “Criamos esse conjunto de apoio e colocamos à disposição da rede pública”, diz. Carla afirma que, antes dessa primeira política de educação inclusiva, havia aproximadamente 3 mil matrículas de alunos com deficiência na rede pública. “Hoje, temos mais de 1,2 milhão de matrículas na rede pública. Não é o suficiente, mas é um processo que vai criando mais e mais oportunidades educacionais.”

O novo plano coloca um peso maior sobre a decisão da família de aderir ou não à nova política. “Parece ser o aspecto mais sedutor: de que a família escolhe. Mas escolher entre a garantia da participação social e segregação, isso não é escolha”, aponta Carla. Do ponto de vista das políticas públicas, não se pode ser oferta de um espaço segregado. Se a escola não está sendo suficiente para oferecer tudo aquilo a que as crianças têm direito, deve-se ter mais investimento público, estruturação e reestruturação.

Ouça a íntegra da entrevista no link.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP com a Escola Politécnica, a Faculdade de Medicina e o Instituto de Estudos Avançados. Busca aprofundar temas da atualidade de maior repercussão, além de apresentar pesquisas, grupos de estudos e especialistas da Universidade de São Paulo.
No ar de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

FONTE:
JORNAL DA USP

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

A Cipa Fiera Milano é especializada em feiras de negócios e publicações técnicas e tem como objetivo, aproximar organizações e criar oportunidades de relacionamentos, por meio da realização de grandes feiras e publicação de revistas setorizadas na América Latina.

Receba Nossa Newsletter

Seu nome completo

Seu e-mail

 Sim, eu quero receber comunicações do Grupo Cipa Fiera Milano
 Sim, eu quero receber comunicações dos parceiros do Grupo Cipa Fiera Milano
 Sim, eu concordo com os termos de uso e com a Política de Privacidade do Grupo Cipa Fiera Milano

Fale Conosco

Avenida Angélica, 2491 - 20 andar -
Cj. 203 / 204

Telefone:
+55 11 5585.4355 / +55 11 3159-1010

E-mail: info@fieramilano.com.br

Website: www.cipafieramilano.com.br

Copyright by Reatech Brasil 2020. All Rights Reserved.